Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Provedor da Santa Casa responde ao vereador Juninho do Rap sobre a falta de Metalyse
Webline Sistemas

O Provedor da Santa Casa de Misericórdia de Presidente Epitácio, Francisco Feitosa Nascimento, respondeu ao ofício que lhe foi enviado pelo vereador e atual Presidente da Câmara Municipal, Luiz Tiago da Silva Júnior (Juninho do Rap), questionando a falta do medicamento Metalyse 50 mg, que deverá ser aplicado em pessoas infartadas e com AVC.

 

De acordo com a resposta do Provedor da Santa Casa, o medicamento tem um custo aproximado de R$ 5.839,79 com repasse do SUS (dentro da portaria 2994 ) de R$ 2.262,50. Diz ainda: " embora sejamos um hospital de médica complexidade não enquadramos nesse repasse segundo a portaria, por não possuirmos leito de Unidade de Terapia Intensiva no SCNES além de não termos em escala do nosso atendimento SUS, ou seja, plantonista de porta e nem especialidade a distância, cardiologista para avaliação da necessidade e acompanhamento na observação do uso dessa medicação, pois se trata de uma medicação de reações a adversas graves necessitando de monitoramento de profissional experiente.

 

Em contato com a DRS XI, conversamos com o Dr. Jorge Y Chihara e o mesmo nos informou, que ainda este ano apresentarão um protocolo regional de pactuação para o atendimento de infarto e AVC, nesta pactuação existirá direcionamento do paciente e a resolução quanto a compra da medicação. Como já foi enviado ao nobre vereador no dia 06/04/2018 a sugestão para que os membros dessa Casa de Lei nos apoiem junto ao poder público para que possamos adquirir a medicação supracitada. Caso haja a conquista, ficaríamos na obrigação da capacitação de profissionais, visto que já entramos em contato com a empresa que poderá nos fornecer um profissional para isto. Desta forma já estaríamos cobertos até a decisão regional. Esperando ter elucidado todos os questionamentos, aproveitamos para renovar nossos votos de estima e consideração".

 

Data: 02-05-2018 00:00:00